Turismo Atiende turismoatiende@sernatur.cl 600 600 60 66
UM DESTINO PRIVILEGIADO PARA OBSERVAÇÃO DE BALEIAS E GOLFINHOS

UM DESTINO PRIVILEGIADO PARA OBSERVAÇÃO DE BALEIAS E GOLFINHOS

Por: Chile Travel - 27 agosto, 2021

Ter um litoral com mais de seis mil km de extensão e vários locais onde se pode desfrutar da observação de baleias e golfinhos, nos enche de orgulho para contar aqui para todos, continue lendo.

Algumas pessoas acreditam que estar perto do maior animal do mundo ou velejar ao lado de centenas de golfinhos só é possível em filmes ou documentários, mas se enganam. Nos mares do Chile se pode encontrar cerca de 43 espécies de cetáceos, o que representa pouco mais de 50% das espécies conhecidas mundialmente.

Barco com uma grande baleia

Barco com uma grande baleia

Foto: [@jpdelaharpe]

Então, se quer viver uma experiência incrível e inesquecível, basta planejar sua próxima viagem com uma boa câmera para registrar o momento ideal e decidir qual dos seguintes lugares vai preferir visitar.

Caleta Chañaral de Aceituno, um lugar que vai te surpreender

Antes de falar sobre este local, é muito importante que saiba que a melhor época para a observação de baleias e golfinhos no Chile é entre outubro e Abril, com um pico entre Janeiro e Fevereiro, pois é nesta altura que estas espécies se aproximam do litoral, para se alimentar, em sua jornada dos trópicos à Antártica.

Três golfinhos escuros pulando em Chañaral de Aceituno

Três golfinhos escuros pulando em Chañaral de Aceituno

Foto: [@cazadordesoplos]

Esta linda enseada fica a 120 km ao norte de La Serena, e é a mais conhecida pelos turistas que procuram ver baleias e golfinhos, por isso, existe serviços de guia com barcos, para te levar ver a baleia azul e os final de 27 metros de comprimento, a jubarte e o minke, também encontrará cachalotes e golfinhos nariz de garrafa.

Punta de choros, outro destino imperdivel

Alguns quilômetros mais ao sul do destino anterior, encontramos outro bom lugar para a observação de baleias e golfinhos, Punta de Choros, localizado dentro da Reserva Nacional de Pinguins de Humboldt. Diferentes espécies de pássaros, pinguins, leões marinhos e muito mais coexistem aqui.

Barbatana de duas baleias vista de cima

Barbatana de duas baleias vista de cima

Foto: [@fernandocornejowurfl]

São os pescadores que, em seus barcos e botes, fazem passeios aos turistas para que eles possam fotografar baleias-azuis e jubartes, além de golfinhos-nariz-de-garrafa.

Golfo de Corcovado e Chiloé

Seguindo mais para o sul, encontramos o Golfo do Corcovado, localizado em frente à cidade de Chiloé. Neste local já foi registrado o maior número de avistamentos de baleias azuis em todo o hemisfério sul, acredita-se mesmo que haja uma população de 300 exemplares que habitam aquela área.

Pessoas andando de caiaque ao lado de uma baleia

Pessoas andando de caiaque ao lado de uma baleia

Foto: [@kayakaguafresca_kaf]

Além disso, não no Parque Tantauco, ao sul de Chiloé, é possível subir de Caiaque para ver de perto esses gigantes do mar que passam pelas costas de Queilén e Quellón. Uma experiência única!

Parque Marinho Francisco Coloane

E assim chegamos a Magalhães! Um dos locais onde as baleias – jubarte e as baleias sei mais gostam de passear, pois adoram os fiordes, os canais e a mata nativa circundante do Parque Marinho Francisco Coloane.

Golfinho-nariz-de-garrafa saindo da agua

Golfinho-nariz-de-garrafa saindo da agua

Foto: [@tere.wild]

Este local é talvez o melhor para a observação de baleias e golfinhos devido à sua geografia e à quantidade de cetáceos que pode encontrar.

Como turistas, temos uma grande responsabilidade

Sabia que os cetáceos são essenciais para o meio ambiente e para o ecossistema marinho? São fertilizantes oceânicos e grandes mitigadores das mudanças climáticas, pois captam uma enorme quantidade de CO2 que enterram nos oceanos, além de promover a biodiversidade marinha.

Baleia jubarte pulando

Baleia jubarte pulando

Foto: [@franciscobirdphoto]

Por isso é responsabilidade de todos, quando visitamos qualquer um dos destinos onde ocorre a observação de baleias e golfinhos, ter muito respeito por eles, escolhendo empresas turísticas que mantenham as águas onde vivem limpas, que não explorem excessivamente os recursos marinhos e que cuidam os ruído subaquáticos.

Desta forma, protegeremos esses incríveis animais para continuar curtindo sua presença por muitas gerações. Fica o convite para cada visitante seguir contribuir com um grão de areia no cuidado com o planeta.

Se gostou deste artigo, partilhe-o


Artigos que lhe possam interessar