Turismo Atiende turismoatiende@sernatur.cl
 600 600 60 66    +56 9 9458 0453
Parque Nacional Pan de Azúcar: entre o deserto e o mar

Parque Nacional Pan de Azúcar: entre o deserto e o mar

Por: Catalina Alonso - 24 novembro, 2021

fotografía desde altura al parque nacional pan de azúcar vista de mar y parque

Entre as diversas atrações da Região de Atacama, destaca-se o Parque Nacional Pan de Azúcar, um lugar onde proliferam-se cactos e arbustos entre rochas em tons pasteis, com um impressionante visual do Oceano Pacífico.

Com mais de 40 mil hectares o Parque Nacional Pan de Azúcar se divide em duas regiões do norte do Chile: a Região de Atacama (31.964 ha) e a Região de Antofagasta (11.790 ha).

O parque nos recebe com sua típica neblina costeira, a abundante camanchaca, que permite a subsistência de uma grande variedade de espécies distintas de cetáceos, muitas delas endêmicas, como a “copiapoa”. Além disso, aqui germinam diversas espécies de flores durante o fenômeno conhecido como Deserto Florido.

O parque caracteriza-se por ter uma grande riqueza em fauna: uma colônia de pinguins Humboldt na Ilha Pan de Azúcar, além de guanacos, raposas e repteis, lobos, lontras, pelicanos, gaivotas, andorinhas, cormorões, mexilhão chileno, entre outros. Também é uma zona de grande riqueza arqueológica e histórica já que aqui se encontraram objetos e elementos com mais de 8 mil anos de antiguidade.

O clima é imprevisível: enquanto na costa pode-se sentir um vento fresco e a sombra das nuvens, no interior é possível sentir o sol forte sobre os ombros.

fotografía desde altura al parque nacional pan de azúcar vista de mar y parque

O que ver e fazer no Parque Nacional Pan de Azúcar

Se você adora esportes, temos boas notícias: na praia Pan de Azúcar é possível andar em caiaque e curtir a paisagem costeira. Além disso, o parque é um excelente lugar para fazer caminhadas e circuitos de mountain bike, graças às trilhas disponíveis para todas as idades, perfeitas para curtir os incríveis mirantes com vista para o Pacífico.

Na praia Blanca e na praia Los Piqueros você pode pescar, mergulhar e observar flora e fauna.

Os guardas florestais ficam no Centro de Informação Ambiental junto com o cactário que abriga a maioria das espécies de cactos do lugar.

Além disso, é possível visitar a foz da Quebrada El Castillo, para observar copiapoas e grupos de guanacos, e a Aguada Quinchihue, para ver plantas adaptadas à falta de água.

fotografía de zorro en el parque

As trilhas do Parque

Trilha Mirador: Esta trilha é uma rota sinalizada de 5 quilômetros que leva a um mirante com uma vista panorâmica para a orla costeira, a enseada Pan de Azúcar e a ilha.

Trilha Quebrada Castillo: Localizada na altura de Praia Blanca, esta estrada de chão batido leva à cordilheira da Costa. Ao longo do caminho, mantenha-se em silêncio: é possível encontrar populações de guanacos no setor. São animais tímidos que podem fugir rumo às colinas para proteger-se da presença humana.

Trilha Las Lomitas: Você pode percorrer seus 11km de extensão de bicicleta ou a pé. Seu nome (Las Lomitas significa Os Montes) é uma referência à paisagem da trilha cercada por montes com grandes cactos. Aqui, os protagonistas são as cores pastel da terra e as tonalidades azuladas da cordilheira. Localiza-se a 30 quilômetros do Centro de Informação Ambiental e é acessível por meio de uma Trilha Autoguiada.

sendero dentro del parque

Ilha Pan de Azúcar

A imensidão do Parque Nacional Pan de Azúcar abrange também vários hectares de ilhas, como a Ilha Pan de Azúcar, as ilhotas Las Chatas e Las Mariposas.

Chegar à Ilha Pan de Azúcar é uma grande aventura. Você pode fazer passeios de bote partindo da enseada de pescadores e maravilhar-se com o entorno, com os numerosos pinguins de Humboldt e o simpático chunchungo, uma espécie de lontra marinha.

Para conseguir uma vista impressionante da Ilha Pan de Azúcar e seus arredores, dirija-se ao Mirante Pan de Azúcar. Localizado a 10 quilômetros do Centro de Informação Ambiental. Dali pode-se apreciar um visual espetacular da Ilha Pan de Azúcar e seus arredores.

No parque, você encontrará camping, cabanas, banheiros, venda de alimentos e souvenirs, aluguel de bicicletas. Além disso, serviços gastronômicos com preparação de pratos típicos do lugar e degustação especial de peixes e mariscos.

Viajar à Região de Atacama e conhecer o Parque Nacional Pan de Azúcar é penetrar em uma paisagem única do Chile, onde o deserto e o mar parecem separar-se somente quando a neblina costeira se esvai.

vista panorámica y desde altura al parque

Se gostou deste artigo, partilhe-o


Artigos que lhe possam interessar